Sanderlei Silveira - Gruta do Lago Azul - Bonito - MS

Monumento Natural da Gruta do Lago Azul é um monumento natural no município de Bonito, Mato Grosso do Sul, Brasil.


Sanderlei Silveira - Gruta do Lago Azul - Bonito - MS

#sanderlei - 19/09/2021



Sanderlei Silveira - Gruta do Lago Azul - Bonito - MS

Monumento Natural da Gruta do Lago Azul é um monumento natural no município de Bonito, Mato Grosso do Sul, Brasil.

Possui duas cavernas com formações calcárias interessantes, mas frágeis, e está listada como área protegida desde 1978.

A Gruta do Lago Azul tem um salão principal com um piso que se inclina para um lago subterrâneo com mais de 50 metros de comprimento.

A entrada é circular, com cerca de 40 metros de diâmetro, que ilumina o lago com luz solar.

Entre os meses de setembro e fevereiro as águas assumem uma cor azul intensa, o que levou ao nome do lago.

Ossos fósseis foram encontrados em grandes mamíferos que habitaram a região por mais de 12.000 anos no Pleistoceno.

Estes incluem preguiças-gigantes, tatus e tigres-dentes-de-sabre.



A Gruta de Nossa Senhora Aparecida não contém água e tem pouca luz natural.

Tem um único salão grande com um piso inclinado de 100 metros no seu ponto mais largo.

O salão contém espeleotemas, alguns dos quais são chamados de "anjos", já que se assemelham a humanos com asas.

A Gruta de Nossa Senhora Aparecida está fechada para visitantes por motivos de segurança.

A Gruta do Lago Azul e as Grutas de Nossa Senhora Aparecida foram tombadas como monumentos naturais em 1978 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O objetivo é preservar as estruturas calcárias muito frágeis da caverna, o lago e seu ecossistema aquático e a paisagem ao redor das cavernas.

Os visitantes são permitidos, acompanhados por guias do município de Bonito.



As regulamentações são projetadas para evitar qualquer dano à caverna.




10 curiosidades sobre a Gruta do Lago Azul



Um dos principais atrativos turísticos do MS e passagem obrigatória para quem vem a Bonito, a Gruta do Lago Azul possui muitas histórias, curiosidades e já encantou pessoas do mundo inteiro. Veja aqui 10 informações que você precisa saber sobre ela:

1. Possui dimensões que a tornam uma das maiores cavidades inundadas do planeta! 100 metros abaixo da entrada depara-se com um lago de águas intensamente azuladas.

2. Para chegar até o lago, é preciso descer quase 300 degraus, o equivalente a um prédio de 12 andares. A descida é feita por uma escada rústica e não possui corrimão, sendo necessário um pouco mais de cuidado nessa parte.

3. A Gruta do Lago Azul é uma das mais importantes cavernas do patrimônio espeleológico nacional. Foi tombada como Monumento Natural em 1978 pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o que garantiu a sua preservação com acesso rigorosamente controlado. Numa cratera onde caberiam mais de 100 pessoas nunca há mais que 15 por grupo.



4. Por ser considerada o cartão postal de Bonito, é um dos passeios mais disputados. Reserve com antecedência para não deixar de conhecê-la, visto que há um limite de 305 pessoas por dia divididas em grupos com saídas em horários estipulados, sempre acompanhadas por guias de turismo locais.

5. Ninguém sabe ao certo sua exata profundidade, 87 metros é o máximo já alcançado, e nem de onde vêm suas águas, acredita-se na existência de um rio subterrâneo que alimenta o lago.

6. A água, na verdade, é cristalina - a cor azulada é fruto da incidência do sol combinado com outros fatores como localização da gruta e presença de minerais no fundo do lago. Nas primeiras horas da manhã o azul fica ainda mais intenso, e fora do horário de visitação não é mais possível ver essa coloração. E entre dezembro e o início de janeiro o azul é ainda mais forte.

7. O lugar impressiona não apenas pelo tamanho e beleza do lago, mas também pela perfeição da natureza na construção de estalactites e estalagmites, formações rochosas que ocorrem tipicamente no interior de cavernas, como resultado da sedimentação e cristalização de mineiras dissolvidos na água. As estalactites pendem do teto verticalmente, e as estalagmites crescem do chão em direção ao teto, e que por milhares de anos foram esculpidas no interior da gruta.

8. Já foram encontrados uma série de fósseis de animais pré-históricos como uma preguiça gigante e o tigre dente de sabre que viveram durante o período geológico do Pleistoceno (6.000 a 10.000 anos atrás) por uma expedição Franco-Brasileira de espeleomergulhadores dentro do lago em 1992.

9. Duas pedras da gruta refletem no lago as iniciais “LA” (foto). Parece que a própria natureza lhe deu este nome.

10. Os visitantes devem utilizar capacete fornecido pelo passeio, e é obrigatório o uso de tênis ou papete de trilha com solado de borracha. Somente crianças acima de 05 anos podem realizar essa atividade.